Espaço SER- Psicologia

O Espaço SER- Psicologia é um local de encontro entre terapeutas de várias abordagens e clientes. Temos como proposta, promover através dos atendimentos e das atividades oferecidas, um movimento contínuo de transformação, reciclagem e bem estar.
Este Espaço visa a troca de informações, discussões e apoio psicológico todos os interessados em saber um pouco mais de psicologia, Gestalt Terapia e Terapia Sistêmica.
Além de atendimentos clínicos individuais, casal, família e grupos, oferecemos outras atividades para estudantes de psicologia, psicólogos ou mesmo para o público em geral.




Entre em contato e saiba mais!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Como lidar com situações dificeis?!

Muitas vezes pedimos que sejamos fortes para dar conta de alguma situação. A reação normal da maioria das pessoas, como diz o próprio nome é reagir, ou seja, agir de pronto, num impulso de sobrevivência e resistência.
Ter força, realmente ajuda em muitos momentos em que somos mais exigidos ou precisamos nos defender de algo, entretanto, em grande parte das situações, se conseguirmos ter calma e principalmente a coragem de olhar para a situação antes de reagir, podemos reduzir os danos e o desgaste para todos os envolvidos.
Ao contrário do que muitos pensam, ter calma pode ser uma grande virtude. Na maioria das vezes, conhecer a si próprio e ao outro, ou a situação, reduz grande parte da dor, ansiedade e incômodos.
Organizando esse post, me deparei com uma frase de autor desconhecido, que fez sentido pra mim e resolvi dividir com vocês:
"É preciso ter força para ser firme,
Mas é preciso ter coragem para ser gentil.
É preciso ter força para se defender,
Mas é preciso ter coragem para abaixar a guarda.
É preciso ter força para ganhar uma guerra,
Mas é preciso ter coragem para se render.
É preciso ter força para estar certo,
Mas é preciso ter coragem para ter dúvida.
É preciso ter força para manter se em forma,
Mas é preciso ter coragem para ficar de pé.
É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
Mas é preciso ter coragem para sentir as próprias dores.
É preciso ter força para esconder os próprios males,
Mas é preciso ter coragem para demonstrá-los.
É preciso ter força para suportar o abuso,
Mas é preciso ter coragem para fazê-lo parar.
É preciso ter força para ficar sozinho,
Mas é preciso ter coragem para pedir apoio.
É preciso ter força para amar,
Mas é preciso ter coragem para ser amado.
É preciso ter força para sobreviver,
Mas é preciso ter coragem para viver".

Um ótimo final de semana a todos!
Nathália Villela de A. Bezerra.

4 comentários:

  1. Eu acredito,piamente que o próprio processo de se ter força na vida se dá através de um exercício de se buscar dentro de si mesmo a sua força de restabelimento e autocura. Precisamos acreditar, acima de tudo em nós mesmos e em nossa prática profissional pricípalmente acreditar que aquele outro, que nos procura, como uma pessoa, que vai ajudar ele a se ajudar, acreditar que aquela pessoa por mais limitada que possa parecer de início tem o seu tempo interno e acima de tudo potêncial.Tenham uma boa semana caras colegas e precisando esterei as ordens! Eklivann Marcel(Psicólogo(crp-15/2444) arteterapeuta,e concluinte do instituto Erickson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Eklivann. Muitas pessoas estão precisando ver e acreditar em seu potencial de mudar.
      Obrigada.
      Nathália Villela de A. Bezerra.

      Excluir
  2. Muito boa essa reflexão sobre a coragem, Nathália. No acumular experiências para o verdadeiro auto-conhecimento entendemos que enquanto não dominamos o medo não crescemos. E percebemos que o medo vem daquela parte negra da personalidade. Quanto mais nos iluminamos com o aprendizado das boas experiências isso vai se tornando uma realidade.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir